Portugal conquista três medalhas nos Mundiais de canoagem. Confira o programa de domingo

Portugal conquista três medalhas nos Mundiais de canoagem. Confira o programa de domingo
Lusa

Na canoagem adaptada, Norberto Mourão repetiu o bronze do Mundial de 2021

A seleção portuguesa de canoagem conquistou este sábado as três primeiras medalhas nos Mundiais do Canadá, com Fernando Pimenta a garantir prata e bronze e Norberto Mourão bronze na competição adaptada em Halifax.

Numa época de assumidas experiências, na qual compete em quatro eventos nos Mundiais, ao contrário dos dois habituais, Fernando Pimenta ficou a escassos cinco centésimos de segundo de revalidar o título dos olímpicos K1 1.000 metros, perdidos para o campeão em Tóquio2020, o húngaro Balint Kopasz.

Entre a final do K1 500 metros e a dos 1.000, somente uma hora e três minutos de espaçamento, um esforço e risco assumidos por Pimenta e o seu treinador Hélio Lucas, e ao qual não se submeteu o seu rival.

O 117.º pódio em provas internacionais teve esse "sabor amargo" para Pimenta, confiante de que, mesmo em desvantagem em termos de desgaste, esteve muito próximo de repetir o título, na especialidade em que foi bronze olímpico em Tóquio2020.

Os 500 metros são uma nova experiência para o limiano que no domingo volta a competir nessa distância, em K2 misto com Teresa Portela, antes da prova das medalhas em K1 5.000, na qual foi prata em 2021.

Destaque também para o K4 500 metros de João Ribeiro, Messias Baptista, Emanuel Silva e David Varela com o sétimo lugar da final de um mundial que começou mal, corrigiu um pouco na meia-final e na final se exibiu mais próximo da consistência revelados no anterior ciclo olímpico, que terminaram o oitavo lugar em Tóquio2020.

No domingo, João Ribeiro e Messias Baptista voltam à competição no K2 500 metros, que levam à regata decisiva com o melhor tempo das nove tripulações, apresentando-se com a confiança de quem obteve um ouro e um bronze nas Taças do Mundo nesta distância olímpica.

Teresa Portela venceu a final B do K1 500 metros, acabando assim em 10.º e mostrando porque deveria estar na regata decisiva, a única que Portugal falhou nestes mundiais.

No domingo, a canoísta olímpica tem a final de K1 200 metros e partilha com Pimenta a esperança do pódio no K2.

Além das finais referenciadas, Kevin Santos vai tentar melhorar o nono lugar de 2021 na final de K1 200 metros.

Na canoagem adaptada, Norberto Mourão repetiu o bronze do Mundial de 2021, conquistado duas semanas após ter ocupado o mesmo lugar do pódio nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020.

Na sexta-feira, Alex Santos tinha sido quinto em KL1.

Programa da seleção de Portugal para domingo

Final

15:03 K1 200 Teresa Portela.

15:19 K1 200 Kevin Santos.

16:56 K2 500 João Ribeiro/Messias Baptista.

17:25 K2 500 misto Fernando Pimenta/Teresa Portela.

20:30 K1 5.000 Fernando Pimenta.