Mundiais de canoagem: Pimenta, João e Messias brilham no dia quase perfeito de Portugal

Mundiais de canoagem: Pimenta, João e Messias brilham no dia quase perfeito de Portugal
Redação com Lusa

Depois de, pela manhã, terem levado o K4 500 à final, juntamente com Emanuel Silva e David Varela, levando o barco ao terceiro lugar, João e Messias "voaram" no triunfo do K2, pois precisaram de somente 1.33,95 minutos para o levar até à meta

João Ribeiro e Messias Baptista qualificaram-se hoje, com brilhantismo, para a final dos K2 500 metros dos mundiais de canoagem, concluindo na perfeição um dia em que somente uma tripulação portuguesa falhou a regata das medalhas em Halifax, Canadá.

Depois de, pela manhã, terem levado o K4 500 à final, juntamente com Emanuel Silva e David Varela, levando o barco ao terceiro lugar, João e Messias "voaram" no triunfo do K2, pois precisaram de somente 1.33,95 minutos para o levar até à meta, batendo a Lituânia e a Eslováquia, com o melhor tempo das três séries.

João e Messias, que venceram uma Taça do Mundo e na outra foram bronze, disputam a final no domingo às 16:56, horas de Lisboa.

Dia igualmente exemplar só para Fernando Pimenta, o melhor canoísta da história portuguesa, com acesso às finais de K1 500 e 1.000, distância na qual defende o título mundial, com triunfos, claros, nas suas semifinais.

Duas horas depois do êxito nos 500 metros, Pimenta, igualmente medalha de bronze em Tóquio'2020, impôs-se em 3.39,49, superando o alemão Jacob Schopf por 98 centésimos de segundo e o belga Artuur Peters por dois segundos certos.

Nos 500, gastou 1.42,78 minutos, batendo o italiano Mauro Crenna por 54 centésimos de segundo e o dinamarquês Thorbjorn Rask por 56. No sábado, tem exatamente uma hora e três minutos entre as duas finais, começando o desafio pelo de menor distância.

Pimenta vai, assim, a estas duas finais mais às de K2 500 misto, com Teresa Portela, e a de K1 5.000, de acesso direto, e na qual tem a responsabilidade do bronze em 2021.

Teresa Portela teve duas finais, garantindo o êxito somente na dos K1 200 metros, quando a que mais desejava era a do K1 500 metros, distância olímpica, que lhe fugiu por um lugar, terminando em quarta.

Kevin Santos evoluiu e foi bem-sucedido também em K1 200, com o segundo lugar na sua meia-final que lhe permite repetir a prova decisiva, na qual vai tentar melhorar o nono lugar de 2021.

Na canoagem adaptada, Alex Santos foi quinto em KL1 e no sábado o seu companheiro paralímpico Norberto Mourão, que foi bronze em Tóquio'2020, disputa a final de VL2, na qual é o campeão da Europa em título e bronze mundial.

Programa da seleção de Portugal para sábado (horas de Lisboa):

Final A

15:19 K4 João Ribeiro/Messias Baptista/Emanuel Silva/David Varela.

15:52 K1 500 Fernando Pimenta.

16:55 K1 1.000 Fernando Pimenta.

Final B

18:54 K1 500 Teresa Portela.

Paracanoagem

Final A

14:28 VL2 Norberto Mourão.