Mais de dois terços dos japoneses defende adiamento ou cancelamento dos Jogos

Mais de dois terços dos japoneses defende adiamento ou cancelamento dos Jogos
Redação com Lusa

Sondagem mostra que mais de dois terços dos japoneses é favorável a um novo adiamento ou ao cancelamento dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020.

Uma sondagem esta segunda-feira divulgada mostra que mais de dois terços dos japoneses é favorável a um novo adiamento ou ao cancelamento dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, adiados para este verão devido à pandemia de covid-19.

A sondagem da Kyodo News mostra que apenas 24,5% dos inquiridos quer o evento já neste verão, com 39,2% a pedir o cancelamento de Olímpicos e Paralímpicos e 32,8% a julgarem melhor um novo adiamento.

De resto, mais de 60% dos inquiridos afirmam estar insatisfeitos com o progresso da vacinação, com 92,6% das pessoas contactadas a declararem "ansiedade" por um ressurgimento de infeções e mais de metade, 56,5%, insatisfação com o trabalho do governo quanto à pandemia.

A sondagem foi divulgada hoje, dia em que arranca o plano de reforço das medidas de combate à pandemia em Tóquio e outras regiões, anunciadas já este mês pelo governo japonês, em vigor até 11 de maio.

Horários de funcionamento mais curtos para bares e restaurantes, apontados como grandes focos de disseminação do vírus, desde o levantamento do estado de emergência, há cerca de três semanas, são o principal destaque na lista de diretrizes.

O Japão, que desde janeiro de 2020 contabilizou 9.300 mortes por covid-19, tem vindo a registar um aumento de casos de infeção significativo sobretudo nas grandes cidades.

A campanha de vacinação para a população em geral ainda não arrancou, estando apenas a ser vacinados idosos e profissionais de saúde.

Devido à pandemia de covid-19, que em Portugal já causou 16.899 mortos, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio'2020, previstos para o verão passado, foram adiados em cerca de um ano.

Os Jogos Olímpicos vão decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto, enquanto os Paralímpicos devem disputar-se entre 24 de agosto e 05 de setembro.