Limitado em França, canoísta Antoine Launay altera preparação para Itália

Limitado em França, canoísta Antoine Launay altera preparação para Itália
Redação com Lusa

O canoísta português alterou toda a preparação para os Europeus de Itália face às novas regras de confinamento impostas em França devido à pandemia da covid-19.

Antoine Launay, apurado para Tóquio'2020, em K1 no slalom, alterou toda a preparação para os Europeus de Itália face às novas regras de confinamento impostas em França devido à pandemia da covid-19.

"Vou estar em Itália até ao Campeonato da Europa. Não foi planeado, pois era para ter continuado em Pau (França). É, mais uma vez, uma adaptação, pois costumo treinar por um período máximo de três semanas e depois recupero, em casa, junto da minha família", referiu o atleta.

Em declarações à Federação Portuguesa de Canoagem, assumiu que as "restrições" de mobilidade em França e em toda a Europa o vão obrigar a "ficar em Itália durante cinco semanas", no fim das quais decorrem os Europeus de Ivrea, entre 06 e 09 de maio.

"Esta é a altura certa para fazer esta preparação. Há tempo e serenidade até aos Jogos Olímpicos", acrescentou, numa decisão que foi partilhada com as equipas médica e técnica da seleção.

No próximo fim de semana Antoine Launay vai participar, na pista dos Europeus, "muito técnica e com água muito poderosa", numa prova organizada pela Federação Internacional de Canoagem, que visa dar competição aos atletas numa altura em que foram suprimidos vários eventos devido à pandemia.

O canoísta luso entende que, "nesta fase, é importante manter a frescura física e mental", considerando que "a recuperação será a chave (do sucesso) para os Jogos Olímpicos".

Além de Antoine Launay, no slalom, a canoagem portuguesa garantiu mais seis atletas para Tóquio2020, nas regatas em linha, entre os quais Fernando Pimenta, medalha de bronze em K1 1.000 em Szeged, na Hungria.

O K4 500, composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, e Teresa Portela (K1 200) também já têm presença assegurada no Japão.