Kai Lenny "bate" Nic von Rupp na corrida a prémio de ondas gigantes

Kai Lenny "bate" Nic von Rupp na corrida a prémio de ondas gigantes
Redação com Lusa

A francesa Justine Dupont foi a vencedora do galardão para o melhor desempenho feminino durante o ano

O norte-americano Kai Lenny venceu o prémio para melhor desempenho de 2020 em ondas gigantes da Liga Mundial de Surf (WSL), batendo o português Nic von Rupp.

O surfista da Praia Grande, em Sintra, era um dos 10 nomeados para o prémio masculino da categoria, juntamente com o brasileiro Lucas Chianca, o sul-africano Grant Baker, o australiano Russel Bierke, o britânico Tom Lowe e os norte-americanos Nathan Florence, Billy Kemper, Eli Olson e Ian Walsh.

A francesa Justine Dupont foi a vencedora do galardão para o melhor desempenho feminino durante o ano, impondo-se às brasileiras Maya Gabeira e Michaela Fregonese, à norte-americana Paige Alms e à australiana Felicity Palmateer.

Antes, já tinham sido entregues os prémios à maior queda, à norte-americana Keala Kennelly, numa onda em Jaws, no Havai, o mesmo local que consagrou os também norte-americanos Paige Alms e Eli Olson com as melhores ondas com remada.

Nas próximas duas semanas, a ​​​​​​​WSL vai divulgar os premiados nas categorias de maior e melhor onda, para as quais surgem várias surfadas na Praia do Norte, na Nazaré.