Jorge Fonseca, bicampeão do mundo de judo: "Calei muita gente"

Jorge Fonseca, bicampeão do mundo de judo: "Calei muita gente"
Redação

Jorge Fonseca revalidou o título mundial que tinha conquistado em agosto de 2019, em Tóquio, o primeiro da história do judo português, então frente ao russo Niyaz Ilyasov.

Jorge Fonseca sagrou-se bicampeão mundial de judo em -100 kg, ao vencer na final dos Mundiais, a decorrem na Arena Laszlo Papp, em Budapeste, o sérvio Aleksandar Kukolj, por ippon.

Jorge Fonseca revalidou o título mundial que tinha conquistado em agosto de 2019, em Tóquio, o primeiro da história do judo português, então frente ao russo Niyaz Ilyasov.

Hoje, nos Mundiais, a pouco mais de um mês dos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020, Jorge Fonseca voltou a ter um "dia perfeito" para chegar ao ouro, após vencer o uzbeque Muzaffarbek Turoboyev (45.º), o canadiano Kyle Reyes (26.º), o georgiano Ília Sulamanidze (31.º), o holandês Michael Korrel (3.º) e o sérvio Kukolj (54.º).

"Na primeira vez duvidaram, disseram que foi sorte. Hoje foi trabalho, determinação e foco. Calei muita gente. Dei espetáculo a fazer judo, diverti-me imenso e foi um dia perfeito", disse o judoca à Sport TV.

A verdade é que os Jogos Olímpicos estão agora à porta. Um facto, que Jorge Fonseca encara com naturalidade: "É um progresso e quero trabalhar para isso. Chegar aos Jogos e fazer o mesmo que fiz hoje. Vou tentar fazer história e dar tudo de mim, como sempre. Vou estar nos Jogos no nível mais alto possível e fazer o melhor resultado possível. Quero dedicar esta medalha a todos os portugueses. Está aqui. Bicampeão do mundo", finalizou.