Jogos do Mediterrâneo: Maria Inês Barros dá nova medalha a Portugal

Jogos do Mediterrâneo: Maria Inês Barros dá nova medalha a Portugal
Redação com Lusa

Prata na prova de fosso olímpico do tiro com armas de caça.

A portuguesa Maria Inês Barros foi este domingo medalha de prata na prova de fosso olímpico do tiro com armas de caça, nos Jogos do Mediterrâneo Oran'2022, subindo para 19 o número de pódios portugueses na Argélia.

A atleta lusa, de 20 anos, acertou 27 tiros na final e só foi batida pela olímpica francesa Carole Cormenier, com 28, e ficou à frente da italiana Silvana Stanco, terceira, na final a quatro, em que a marroquina Yasmine Marirhi ficou em quarto, para conquistar o 19.º pódio português em Oran'2022, o primeiro no tiro com armas de caça do país em Jogos do Mediterrâneo.

Ana Rita Rodrigues ficou-se pela meia-final, acabando em terceiro numa série que também incluía Maria Inês Barros, enquanto nos homens José Bruno Faria e João Paulo Azevedo ficaram pelo caminho.

Portugal tem agora 19 medalhas na prova, somando os ouros de Leandro Ramos, João Coelho, Cátia Azevedo, Diogo Ribeiro, Camila Rebelo e Rafael Reis, à prata de Maria Inês Barros, Ana Catarina Monteiro, Diogo Ribeiro, Daniela Campos, Jieni Shao, Lorène Bazolo, Liliana Cá e da equipa masculina de ténis de mesa, e os bronzes de Evelise Veiga, Filipa Martins, Tiago Pereira, João Geraldo e da equipa feminina do ténis de mesa.

Os Jogos do Mediterrâneo Oran'2022 arrancaram em 25 de junho e decorrem até quarta-feira, com mais de três mil atletas de 26 países diferentes, incluindo 159 portugueses em 20 disciplinas.