João Costa abdica de Tóquio'2020 por falta de vacina e já olha para Paris'2024

João Costa abdica de Tóquio'2020 por falta de vacina e já olha para Paris'2024
Redação com Lusa

O atleta de 56 anos, que participou nos últimos cinco Jogos, vai falhar a qualificação na cidade croata de Osijek, por opção própria, de que deu conta na sexta-feira num comunicado nas redes sociais.

O atirador João Costa anunciou que desistiu da qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio'2020, por ainda não ter sido vacinado contra a covid-19, mas diz à Lusa que "daqui a três anos" chega Paris'2024.

O atleta de 56 anos, que participou nos últimos cinco Jogos, vai falhar a qualificação na cidade croata de Osijek, por opção própria, de que deu conta na sexta-feira num comunicado nas redes sociais.

A decisão, explica após ser contactado pela Lusa, já tinha sido tomada "em dezembro de 2020", quando deu conta de que só iria "correr risco lá fora", porque "cá dentro corre-se sempre", se fosse vacinado, o que não aconteceu.

Embora a vacinação já tenha decorrido para atletas já qualificados, ficaram de fora os atletas com o apuramento em curso, mesmo que o Comité Olímpico de Portugal (COP), revela o atirador, o tenha contactado na terça-feira.

"Tinham uma vacina para mim na quinta-feira. Disse que não, já não vai a tempo, deem a outro que precise mais do que eu. [...] Inscrevi-me na vacinação [agendando diretamente, o que está disponível a partir dos 55 anos]. Vou no dia 24", detalha.

O atleta salienta ainda a "diferença" quanto ao Comité Paralímpico de Portugal, que, conta, já começou a vacinar "há muito tempo os que estão qualificados ou para se qualificar, bem como "staff" e acompanhantes".

Apesar de estar triste por falhar a tentativa de acesso a uns sextos Jogos de forma consecutiva, por um problema "logístico", não atira a toalha ao chão quanto à carreira, tanto porque "ainda podem cancelar Tóquio2020" como pelo facto de que "daqui a três anos haverá outros".

João Costa participou nas últimas cinco edições dos Jogos Olímpicos, tendo como melhores resultados os sétimos lugares no tiro com pistola a 10 metros em Sydney2000, na estreia, e em Londres2012.

O atirador olímpico, militar de profissão, de 56 anos, iria disputar uma vaga olímpica na prova masculina de tiro a 10 metros nos Europeus, que vão ser disputados entre 20 de maio e 06 de junho, em Osijek, onde as suas competições decorreriam entre 21 e 31 de maio.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão realizar-se de 23 de julho a 08 de agosto de 2021, depois de terem sido adiados devido à pandemia de covid-19.