Premium O maior ginasta de todos os tempos e a tragédia que o derrotou

O maior ginasta de todos os tempos e a tragédia que o derrotou
Joel Neto

ARGUMENTO ORIGINAL - Vitaly Scherbo, o homem das seis medalhas que desistiu de tudo por amor.

Ou terá sido por sentimento de culpa? O debate persiste até hoje, depois da denúncia de violação da também ex-ginasta Tatiana Gutsu, que em 2017, no auge do movimento #MeToo, veio pelo menos chamuscar a imagem de Vitaly Scherbo.

Encarado por muitos como o maior ginasta de todos os tempos, incluindo dez medalhas olímpicas (seis de ouro), 23 medalhas em campeonatos do mundo (doze de ouro) e duas exibições de "10 perfeito", Scherbo era então consensual, tanto no mundo da ginástica como nas sociedades civis norte-americana e bielorrussa. E talvez não tenha, realmente, um percurso impoluto. Mas também por isso dava um filme. Porque conquistou o mundo depois de - talvez - ter exercido a violência e porque, quatro anos depois, desistiu de tudo, ou de quase tudo, em virtude da paixão pela mulher que então convalescia de um grave acidente automóvel.