Hospedeira terá sido violada e assassinada: Pacquiao pede pena de morte

Hospedeira terá sido violada e assassinada: Pacquiao pede pena de morte
Redação

Pugilista e senador das Filipinas quer punição forte para os culpados.

Christine Dacera, jovem hospedeira da Philippines Airlines foi encontrada sem vida, na noite de passagem de ano, na banheira de um quarto do City Garden Grand Hotel, alegadamente violada e assassinada.

Terão estado envolvidos 11 homens, de acordo com a imprensa das Filipinas, que terão estado na mesma festa da hospedeira.

Manny Pacquiao, pugilista e também senador nas Filipinas, ofereceu entretanto mais de 10 mil dólares (aproximadamente oito mil euros), a quem ajudar a encontrar os suspeitos. A recompensa foi entretanto criticada, mas Pacquiao fez questão de explicar e pedir mesmo pena de morte para os culpados.

"O que menos revolta é que foi uma violação com assassinato, então estou a pressionar para que haja pena de morte", começou por dizer ao canal DZRH News.

"Que fique claro que esta recompensa ofereceu-se apenas para garantir que todas as pessoas que estiveram presentes na noite anterior à descoberta do corpo de Christine sem vida se apresentem e clarifiquem o incidente", concluiu.

O pugilista explicou ainda que conhecia Christine Dacera, sendo mesmo amigo da família.