Frederico Morais lidera seleção portuguesa nos Mundiais de surf

Frederico Morais lidera seleção portuguesa nos Mundiais de surf

Kikas, que já participou em várias provas do circuito mundial deste ano (do qual é suplente, após ter sido despromovido em 2018), é a principal referência da seleção portuguesa

O surfista Frederico Morais, 31.º classificado do ranking mundial, destaca-se na seleção portuguesa para o Campeonato do Mundo de 2019, em Miyasaki, no Japão, cuja lista de seis atletas convocados foi esta quinta-feira divulgada.

Além de Kikas, o selecionador David Raimundo elegeu também Vasco Ribeiro, Miguel Blanco, Teresa Bonvalot, Carol Henrique e Yolanda Hopkins Sequeira para representar Portugal na prova que se disputa entre 7 a 15 de setembro e proporciona a qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio'2020.

"Este é o primeiro Campeonato do Mundo da história do surf que qualifica para uns Jogos Olímpicos, pelo que o seu significado é imenso. Portugal leva até ao Japão um lote de atletas que representa o que de melhor tem sido feito no surf português desde há vários anos", observou o presidente da Federação Portuguesa de Surf, João Aranha.

Frederico Morais, que já participou em várias provas do circuito mundial deste ano (do qual é suplente, após ter sido despromovido em 2018), é a principal referência da seleção portuguesa, que, segundo João Aranha, procura "fazer história, não só do surf, mas do desporto nacional".

A competição em Miyasaki não representa a última oportunidade para conquistar o apuramento através da Associação Internacional de Surf para Tóquio2020 -- edição em que a modalidade faz a estreia olímpica -, uma vez que ainda será possível obtê-lo no torneio mundial de 2020.