Campeonato nacional de esqui alpino regressa passados três anos

Campeonato nacional de esqui alpino regressa passados três anos
Redação

Federação considera "importante manter o índice competitivo dos atletas" e entende ser "boa altura para avaliar o trabalho feito". Condições para a prática não são as melhores

Três anos depois da última edição, a Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP) organiza, no próximo sábado, na Estância da Serra da Estrela, o campeonato nacional de esqui alpino, nas disciplinas de slalom e slalom gigante.

Devido às condições meteorológicas adversas, que levaram a adiar o campeonato nacional de snowboard, "a neve não vai estar nas melhores condições", antecipa o presidente da FDIP, Pedro Farromba.

"A neve vai estar mole, por causa do nevoeiro e da chuva. O problema é que, se não se realizasse agora, o previsível aumento da temperatura iria depois condicionar a realização do campeonato. Atendendo a isso, e ao facto de já há três anos não haver, quisemos fazê-lo agora", referiu, em declarações à agência Lusa, Pedro Farromba.

Para o dirigente federativo é "importante manter o índice competitivo dos atletas", além de a prova ser "uma boa altura para avaliar o trabalho que tem sido feito".

"É sempre bom que haja competição, para os atletas poderem avaliar a sua evolução e podermos perceber que atletas estão em melhor forma e com melhor capacidade para poderem representar o nosso país", acentuou o presidente da FDIP.

A decisão sobre a realização da prova foi adiada até existir "alguma certeza" sobre as condições para a prática da modalidade na vertente competitiva, embora o responsável ressalve que essa certeza "não é muita".

Segundo Pedro Farromba, é possível avançar com o campeonato nacional de esqui alpino porque vai decorrer "nas pistas que já tinham uma base de neve feita pela Estância".

"O snowboard, como é feito no Snowpark, não tem neve suficiente para isso. Quando houver condições de neve, está tudo preparado. É só esperar que o São Pedro nos ajude", elucidou à Lusa o presidente da federação.