Campeã nacional de surf já aponta ao título mundial

Campeã nacional de surf já aponta ao título mundial
Redação com Lusa

"Se não acreditasse, não estaria aqui", afirma Teresa Bonvalot.

Teresa Bonvalot revelou-se este domingo "super feliz" por ter conquistado o título nacional de surf e assumiu que trabalha diariamente para um dia chegar ao cetro mundial.

"Quero tornar-me uma competidora mais forte, ir para 2021 da melhor forma. Juntar-me às melhores surfistas internacionais e um dia ser campeã do mundo", revelou, em declarações à Lusa.

A jovem de 20 anos, que conquistou o seu terceiro título nacional, depois de o ter feito em 2014 e 2015, está convicta do seu potencial e vontade em chegar ao topo da hierarquia internacional.

"Se não acreditasse, não estaria aqui. Se não somos nós os primeiros a acreditar, ninguém o fará por nós. Todos os dias trabalho com esse objetivo em mente. Abdico de muitas coisas por isso. Vou dar o meu máximo", prometeu.

Teresa Bonvalot sagrou-se campeã nacional de 2020 de forma antecipada, durante o Renault Porto Pro, a quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf, que venceu.

"Sabe sempre bem, especialmente este ano, não tendo outras provas e a competir a tempo inteiro em Portugal. Sabe sempre super bem. Acabou por se tornar o objetivo, uma vez que no início do ano não sabia se ia competir mais por cá ou lá fora, devido à pandemia. Poder ser campeã é especial e estou super feliz", reforçou.

Bonvalot elogiou a etapa "muito boa, com ondas altas todos os dias" e reconheceu que garantir já o título e com triunfo na etapa era um objetivo "impossível de melhorar".

A surfista realça que esta época atípica a fez "crescer" como atleta e ser humano, preferindo por isso adaptar-se à nova realidade do mundo do que queixar-se dos constrangimentos.

"[A covid-19] Fez-nos olhar para a vida de maneira diferente. O mais importante é que o mundo mudou e temos de nos ajustar, olhar para isso de forma diferente, aproveitar a "viagem" ao máximo e todas as pequenas coisas que me aconteceram na vida", elucidou.

Teresa Bonvalot focou-se em "olhar para tudo isto de uma maneira positiva, tentar olhar para o lado bom", admitindo que estar dois meses sem surfar "custaram imenso, até porque nunca tinha acontecido".

A atleta de Cascais diz ter "saudades de viajar pelo mundo inteiro, apanhar ondas incríveis e estar com as amigas lá fora" e, enquanto isso não é possível, vai-se fortalecendo em treino e fazer coisas novas.

Além do título nacional, Teresa Bonvalot conquistou também o Renault Porto Pro.