Atleta olímpico de equestre Miguel Faria Leal morre aos 61 anos

Atleta olímpico de equestre Miguel Faria Leal morre aos 61 anos
Redação com Lusa

Um dos destaques da carreira foi a participação em Atlanta'1996, em que foi 59.º classificado no concurso de saltos de obstáculos, com o cavalo Surcouf de Revel.

O atleta olímpico Miguel Faria Leal, que representou Portugal nos saltos de obstáculos dos Jogos Olímpicos Atlanta'1996, morreu aos 61 anos, anunciou hoje o Comité Olímpico de Portugal (COP).

Segundo o COP, o cavaleiro olímpico morreu com 61 anos, com aquele organismo a apresentar "sentidas condolências" à família, à Federação Equestre Portuguesa e à Associação de Atletas Olímpicos de Portugal.

Faria Leal competiu em representação do país em duas dezenas de Taças das Nações, vencendo uma delas com a seleção em Lisboa.

Um dos destaques da carreira, que conta também com Jogos Equestres Mundiais e Europeus, foi a participação em Atlanta'1996, em que foi 59.º classificado no concurso de saltos de obstáculos, com o cavalo Surcouf de Revel.