Paris'2024: Macron anuncia 100 milhões de euros para dar "grande impulso" ao desporto

Paris'2024: Macron anuncia 100 milhões de euros para dar "grande impulso" ao desporto
Lusa

O presidente francês desejou que os Jogos "sejam exemplares", acreditando que "tudo vai estar perfeito em 2024".

O presidente francês, Emmanuel Macron, prometeu dar um "grande impulso" ao desporto do país de modo a colocá-lo no "coração da nação" até aos Jogos Olímpicos Paris'2024, anunciando um pacote de 200 milhões de euros para equipamentos desportivos.

Desta forma, anunciou, com o "apoio de, pelo menos, 50%" de recursos do Estado, a construção de 1.000 pavilhões e outros tantos recintos para desportos de combate, 500 campos de basquetebol 3x3 para dinamizar a modalidade, 500 recintos de parques de skate e igual número de infraestruturas para padel, bem como 200 espaços para desportos variados, como piscinas ou equipamentos "inovadores" que utilizem tecnologia digital.

Metade da verba alocada, 100 milhões de euros, será para investir já em 2022.

A ideia deste plano desportivo "bom para toda a nação" é o de "dar um grande impulso aos treinos" dos atletas gauleses, de forma que estes se apresentem o mais competitivos possível nos Jogos.

A França teve em Tóquio'2020 um desempenho mais discreto do que no Rio'2016, uma vez que no Japão conseguiu somente 33 medalhas, com o oitavo lugar no medalheiro, enquanto no Brasil tinha assegurado 42, sendo sétima, em ambos os casos com 10 ouros.

Em setembro, Macron tinha anunciado o desejo de que a França entrasse no 'Top 5' das nações, facto que, tendo como referência Tóquio'2020, exigiria a conquista de cerca de 70 medalhas.

O presidente gaulês desejou que os Jogos "sejam exemplares", acreditando que "tudo vai estar perfeito em 2024".