Vila Real acolhe 100.ª corrida da Taça do Mundo de Carros de Turismo

Vila Real acolhe 100.ª corrida da Taça do Mundo de Carros de Turismo
Redação com Lusa

Tópicos

Esta será a quinta de dez provas do calendário do WTCR

A cidade de Vila Real acolhe sábado e domingo a 100.ª corrida da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR), que conta com a participação do português Tiago Monteiro (Honda).

Esta será a quinta de dez provas do calendário do WTCR, uma competição internacional que teve início em 2018 e que substituiu o Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC).

O WTCR consagrou o italiano Gabriele Tarquini em 2018, o húngaro Norbert Michelisz em 2019 e o francês Yann Ehrlacher em 2020 e 2021.

Os três estarão em ação este fim de semana, naquele que será o regresso das corridas à cidade transmontana após dois anos de interregno devido à pandemia de covid-19.

Em pista, a ação começa no sábado, com duas sessões de treinos livres disputadas durante a manhã. A qualificação, dividida em três fases, disputa-se a partir das 17:05.

Para domingo estão previstas duas corridas. Uma com início às 13h10, com a duração de 30 minutos mais uma volta, e a segunda com arranque previsto às 17h15, com a duração de 25 minutos mais uma volta.

A prova vilarrealense marca, também, o regresso da Joker Lap, um percurso alternativo que os pilotos podem escolher numa das voltas e que permite facilitar as ultrapassagens num circuito citadino, onde essas manobras são mais difíceis.

"O timing e a decisão entre o piloto e a equipa têm de ser perfeitos para se poder, de facto, tirar vantagem", explicou Tiago Monteiro ao site oficial do campeonato.

O piloto natural do Porto já venceu por duas vezes no traçado transmontano, em 2017 e 2019, ano em que regressou à competição depois do grave acidente sofrido em setembro de 2017, em Barcelona.

"Vencer aquela corrida é o melhor a que se pode aspirar enquanto piloto num campeonato do mundo. Vencer é sempre incrível, mas no teu país, num lugar em que somos tão bem-vindos e onde há tanta paixão pelas corridas é simplesmente incrível", frisou o piloto da Honda.

Tiago Monteiro admitiu que essa vitória foi "ainda mais emocional que as anteriores" pois foi "a primeira depois do acidente".

"Ganhei e teve um sentimento especial para mim", sublinhou.

Para o piloto luso, o segredo para um bom resultado nesta corrida "é a confiança", pois o piloto precisa "de se comprometer [arriscar] muito mais do que em qualquer outra pista".

"Conheço bem a pista, mas os meus adversários também pelo que depende de como o carro se vai portar e da rapidez com que entrar no ritmo", precisou.

Após quatro jornadas duplas já disputadas, o espanhol Mikel Azcona (Hyundai i30) lidera o campeonato, com 129 pontos, enquanto Tiago Monteiro é 16.º, com 12.

Para além do evento do WTCR, durante o fim de semana disputam-se, ainda, provas do Campeonato de Portugal de Velocidade, dos 1300, dos Legends, dos Classics e da Kia Picanto GT Cup.