Queda atira Miguel Oliveira para o 22.º lugar nos treinos do GP da Áustria

Queda atira Miguel Oliveira para o 22.º lugar nos treinos do GP da Áustria
Redação com Lusa

Tópicos

Depois de ter sido 13.º na primeira sessão de treinos, em que cumpriu 21 passagens pela meta, no total dos 45 minutos, Miguel Oliveira mostrou-se confiante para melhorar de posição na segunda, mas uma queda impediu-o de subir na tabela.

Miguel Oliveira (KTM) sofreu hoje uma queda na segunda sessão de treinos livres para o Grande Prémio da Áustria de MotoGP, em Spielberg, que o impediu de fazer melhor do que o 22.º tempo.

No Red Bull Ring, casa da Red Bull e da KTM, Miguel Oliveira tirou partido do seu conhecimento do circuito para ditar o ritmo no início da primeira sessão de treinos livres, que começou com piso molhado e que foi secando com o decorrer do tempo.

O piloto de Almada, que se adaptou rapidamente à nova chicane do circuito, registou como melhor tempo 1.32,422 minutos na primeira sessão de treinos livres, onde chegou a rodar a 305km/h, tendo conseguido marcar um excelente ritmo ainda com o asfalto ainda molhado.

Depois de ter sido 13.º na primeira sessão de treinos, em que cumpriu 21 passagens pela meta, no total dos 45 minutos, Miguel Oliveira mostrou-se confiante para melhorar de posição na segunda, mas uma queda impediu-o de subir na tabela.

Miguel Oliveira conseguiu melhorar a marca face à sessão do início da manhã, com 1.31,315 minutos, mas uma queda, por ter derrapado em cima do corretor, afastou-o de poder continuar a escalar posições, dado que fechou em 22.º, e de lutar pela qualificação direta para a Q2.

No sábado, a terceira sessão de treinos para o Grande Prémio da Áustria, 13.º prova do Mundial de MotoGP, tem início marcado para as 08h55.