Quartararo: "Senti-me muito bem, tive um espetacular arranque, e estou super feliz"

Quartararo: "Senti-me muito bem, tive um espetacular arranque, e estou super feliz"
Redação com Lusa

Tópicos

Quartararo, que partiu da quinta posição da grelha, chegou ao comando da prova à terceira das 25 voltas, batendo o compatriota Johann Zarco (Ducati) por 5,409 segundos e o espanhol Aleix Espargaró (Aprilia), que foi terceiro, a 0,659.

O piloto francês Fábio Quartararo (Yamaha) exultou com a vitória no Grande Prémio de Portugal de MotoGP, naquela que foi a segunda alcançada no Autódromo Internacional do Algarve (AIA) e a primeira no campeonato, que passou a liderar.

O atual campeão em título da classe rainha de motociclismo voltou a ser feliz na montanha-russa algarvia, onde venceu pela primeira vez em 18 abril de 2021.

"Fui até o limite. Para ser sincero, senti-me muito bem, tive um espetacular arranque, consegui [vencer] e estou super feliz. É a primeira vitória da temporada. [Pensamento de] nunca desistir e isso é o mais importante", confessou El Diablo, após vencer a corrida com o tempo de 41.39,611 minutos.

Quartararo, que partiu da quinta posição da grelha, chegou ao comando da prova à terceira das 25 voltas, batendo o compatriota Johann Zarco (Ducati) por 5,409 segundos e o espanhol Aleix Espargaró (Aprilia), que foi terceiro, a 0,659.

Com este triunfo, Quartararo, campeão em título, é o primeiro piloto a bisar no Algarve, ascendendo ao comando do campeonato, com 69 pontos, os mesmos que tem o espanhol Alex Rins (Suzuki), que foi quarto depois de partir da 23.ª posição.

O português Miguel Oliveira (KTM) foi quinto classificado, depois de ter saído da 11.ª posição da grelha.