Exclusivo Polémica com vídeo foi só a última: o russo "abominável" que assusta a Fórmula 1

Polémica com vídeo foi só a última: o russo "abominável" que assusta a Fórmula 1
Carlos Flórido

Tópicos

Mazepin publicou um vídeo em que molesta uma jovem e já deu os parabéns à covid-19. A Haas contratou um problema.

A Haas, criticada logo no dia em que anunciou a contratação de Nikita Mazepin, quinto classificado na Fórmula 2 e terceiro filho de bilionários a garantir um lugar na Fórmula 1 para a próxima época - o russo soma-se aos canadianos Lance Stroll (Racing Point/Aston Martin) e Nicolas Latifi (Williams), que já lá estavam -, anunciou na quarta-feira que iria decidir internamente e sem comentários a última polémica gerada pelo moscovita de 21 anos, a de um vídeo, "de divulgação abominável" escreve a equipa, em que molesta uma jovem.