Miguel Oliveira em Vila Real: "É uma experiência nova correr entre barreiras, estou habituado a escapatórias"

Miguel Oliveira em Vila Real: "É uma experiência nova correr entre barreiras, estou habituado a escapatórias"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação com Lusa

Tópicos

Miguel Oliveira partilha protagonismo com pilotos do WTCR em Vila Real

Na cidade de Vila Real, onde o desporto automóvel é rei este fim de semana, o piloto de MotoGP Miguel Oliveira foi aplaudido e muito procurado por fãs de todas as idades para um autógrafo ou tirar uma selfie

O circuito citadino de Vila Real é o palco para a quinta etapa do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCR) e hoje, numa sessão de autógrafos que representou o pontapé de saída do evento desportivo, Miguel Oliveira partilhou o protagonismo com os pilotos do WTCR, onde compete o português Tiago Monteiro (Honda Civic).

É que, nesta que é a 51.ª edição do Circuito Internacional de Vila Real, o piloto que milita no Mundial de MotoGP em motociclismo ao serviço da KTM vai trocar as duas pelas quatros rodas e participar na etapa do Campeonato de Portugal de Velocidade com um carro da Hyundai.

À chegada à praça do município, onde os pilotos do WTCR já estavam a dar autógrafos, Miguel Oliveira foi aplaudido e também muito procurado pelos fãs do desporto motorizado. Autografou pequenas motas, réplicas da sua, postais com a sua foto e tirou muitas fotografias e "selfies".

No final, aos jornalistas, falou sobre o desafio "diferente" que o espera nos próximos três dias.

"Para mim é uma experiência nova correr entre barreiras, estou habituado a escapatórias, mas sim, o espírito competitivo leva-me a querer vir aqui através da Hyundai fazer esta experiência no Campeonato Português de Velocidade, e, obviamente, estou muito entusiasmado para começar os treinos já amanhã [sexta-feira]", afirmou Miguel Oliveira.

Em 2019, o piloto percorreu o circuito de moto, com aos miúdos da escolinha Oliveira Cup. Agora, de carro, disse que o circuito "parece um bocadinho mais assustador".

"Os carros são uma grande paixão, mas neste contexto, com este carro, é a primeira vez que vou conduzir, portanto é simplesmente passar bem o fim de semana, divertir, aproveitar o bom ambiente que se vive aqui e que se respira de desporto motorizado no Norte", frisou, salientando que, em Vila Real, tem também uma oportunidade de estar "mais próximo" dos fãs, o que não acontece em Portimão, onde o fim de semana é mais competitivo e está mais concentrado.