Miguel Oliveira com sábado para esquecer: "Qualificar tão atrás é duro. Mas a equipa tem tempo para analisar"

Miguel Oliveira com sábado para esquecer: "Qualificar tão atrás é duro. Mas a equipa tem tempo para analisar"

Miguel Oliveira admite que "qualificar tão atrás é duro"

Miguel Oliveira (KTM) admitiu hoje que "qualificar tão atrás é duro", depois de terminar na 18.ª posição na sessão de qualificação para o Grande Prémio de Aragão de Moto

"Foi uma qualificação difícil. Tivemos os mesmos problemas que na sexta-feira, mas com o pneu novo. Senti muitos problemas de tração atrás. A equipa fez algumas alterações para melhorar, mas não surtiram efeito", explicou o piloto de Almada.

Miguel Oliveira espera, agora, conseguir rever a informação recolhida durante a noite para encontrar uma solução a tempo da corrida de domingo, a 10.ª da temporada no Mundial de velocidade de motociclismo.

"Qualificar tão atrás é duro. Mas equipa tem tempo para analisar, tentar retificar para a corrida, de forma a fazer uma boa recuperação", concluiu.

O piloto da equipa Tech3 parte para esta prova na nona posição do Campeonato do Mundo, com 69 pontos, a 46 do líder, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), que hoje garantiu a "pole position".