Miguel Oliveira após GP de Espanha: "É preciso perceber porque aconteceu"

Miguel Oliveira após GP de Espanha: "É preciso perceber porque aconteceu"
Redação com Lusa

Tópicos

Miguel Oliveira lamenta vibrações no pneu traseiro durante a corrida deste domingo, em Jérez de la Frontera.

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) queixou-se de vibrações no pneu traseiro da sua RC16, que o impediram de ir além do 12.º lugar no GP de Espanha de MotoGP.

O piloto natural de Almada partiu da 21.ª posição da grelha, conseguindo recuperar nove posições durante a corrida desta tarde.

"Não podemos dizer que estamos satisfeitos com o resultado, mas, vindo de trás da grelha, foi o melhor que pudemos", sublinhou Oliveira, em declarações difundidas pela assessoria de imprensa da equipa.

Miguel Oliveira explicou ter sentido uma "vibração no pneu traseiro", pelo que será preciso "perceber porque aconteceu".

O piloto luso lembrou que o resultado permitiu "marcar alguns pontos", o que "é qualquer coisa".

Agora, segue-se um dia de testes neste mesmo traçado de Jerez de la Frontera, onde hoje se disputou a sexta ronda do Campeonato do Mundo de velocidade em motociclismo.

"Temos um dia de trabalho para tentar melhorar a mota", concluiu o piloto português.

Com o resultado de hoje, Miguel Oliveira baixou de oitavo para 10.º no campeonato do mundo de MotoGP, com 43 pontos.