Marc Márquez substituído por Stefan Bradl no GP da República Checa de MotoGP

Marc Márquez substituído por Stefan Bradl no GP da República Checa de MotoGP
Redação com Lusa

Tópicos

Piloto de testes do construtor nipónico participou em quatro provas de 2019.

O alemão Stefan Bradl é o piloto escolhido pela Honda para ocupar o lugar do espanhol Marc Márquez no Grande Prémio da República Checa, terceira prova do Mundial de MotoGP, que se disputa no domingo.

Bradl, que é piloto de testes do construtor nipónico, foi chamado a suprir a ausência de Márquez, operado na segunda-feira pela segunda vez a uma fratura no úmero do braço direito, sofrida na prova de abertura do campeonato, em 19 de julho, no circuito espanhol de Jerez de la Frontera.

"Depois do heróico regresso apenas quatro dias após a [primeira] cirurgia em Jerez, Marc Márquez vai falhar a corrida de Brno, com Stefan Bradl a juntar-se à equipa Repsol Honda ao lado de Alex Márquez", lê-se no comunicado da equipa.

O alemão, antigo campeão de Moto2, competiu em quatro rondas do campeonato de 2019 - então em substituição do espanhol Jorge Lorenzo, lesionado -, tendo conseguido um 10.º lugar como melhor classificação, no GP da Alemanha.

"Antes de mais, gostaria de desejar rápidas melhoras ao Marc [Márquez]. Aquilo que ele fez em Jerez foi incrível e demonstrou que tem o verdadeiro espírito de campeão", afirmou Bradl.

O alemão mostrou-se "ansioso por pilotar a Honda outra vez", considerando que "vai ser um desafio".

O GP da República Checa será a terceira prova da temporada, cujo calendário foi revisto devido à covid-19. O francês Fabio Quartararo (Yamaha) é o líder, com 50 pontos, fruto de duas vitórias nas duas primeiras corridas, enquanto o português Miguel Oliveira (KTM) é 13.º classificado, com oito, fruto do oitavo lugar conseguido na prova de abertura.