Joan Mir, o novo campeão de Moto GP: "No domingo fomos jantar"

Joan Mir, o novo campeão de Moto GP: "No domingo fomos jantar"
Redação com Lusa

Tópicos

Joan Mir (Suzuki), admitiu, na conferência de imprensa de antevisão do Grande Prémio de Portugal, que a pista algarvia "é diferente de todas as outras".

O novo campeão mundial de MotoGP, o espanhol Joan Mir (Suzuki), admitiu, na conferência de imprensa de antevisão do Grande Prémio de Portugal, que a pista algarvia "é diferente de todas as outras". O piloto espanhol lembrou que ainda não pôde rodar com a mota de competição em Portimão, "apenas com uma mota de estrada", mas esta é "uma pista diferente das outras".

"No papel, a nossa mota adequa-se à pista, mas vamos ver", referiu o novo campeão mundial, numa conferência de imprensa em que participaram ainda o espanhol Pol Espargaró (KTM), o australiano Jack Miller (Ducati), os italianos Andrea Dovizioso (Ducati) e Franco Morbidelli (Yamaha), o britânico Cal Crutchlow (Honda) e o português Miguel Oliveira (KTM).

Já Franco Morbidelli, vencedor da ronda anterior, em Valência, Espanha, mostrou-se "curioso" com as potencialidades do traçado algarvio, que descreveu como "uma montanha russa".

"Estou curioso para ver como se vai desenrolar a corrida", apontou.

Já Pol Espargaró, que no próximo ano será substituído pelo português Miguel Oliveira na equipa oficial da KTM, espera, apenas, "ser rápido" e divertir-se. O piloto espanhol acredita que o conhecimento que Miguel Oliveira tem da pista "será útil a todos os pilotos da KTM".

Por sua vez, Andrea Dovizioso desconfia do que pode acontecer "com os pneus Michelin e estas motas de MotoGP", depois de ter rodado em outubro no circuito algarvio com uma mota de estrada.

Cal Crutchlow limitou-se a dizer que partilhava "da opinião dos restantes", assim como Jack Miller.

O novo campeão revelou, ainda, dúvidas quanto ao número que irá utilizar no próximo ano, se o 1 de campeão se o 36 que habitualmente utiliza e que lhe tem "trazido sorte nos últimos anos".

Depois de conquistado o título mundial na prova anterior, em Valência, Mir revelou que teve pouco tempo para festejar.

"Celebrei com a família, no domingo fomos jantar. Não fiz muita coisa, pois este domingo tínhamos outra corrida. Mas estou concentrado e motivado", sublinhou, confessando, também, alguma "surpresa" por ter recebido mensagens de felicitações "de alguns famosos".

O GP de Portugal de MotoGP é a 14.ª e última corrida da temporada e decorre entre sexta-feira e domingo no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.