Isabelle senta-se ao lado de Loeb: "Mais co-piloto que professora"

Isabelle senta-se ao lado de Loeb: "Mais co-piloto que professora"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

isabelle galmiche, a navegadora de Sebastien Loeb, tem 50 anos e espantou os alunos ao triunfar em Monte Carlo

Quando Loeb celebrou em Monte Carlo, o protagonismo repartiu-se com a co-piloto Isabelle Galmiche, primeira mulher a triunfar no WRC desde Fabrizia Pons (1997). Mais interessante, a francesa de 50 anos nunca deixou de dar aulas de matemática no Centro de Formação de Montbeliard, escola profissional (dos 16 e 29 anos) onde os seus alunos desconheciam a paixão.

Galmiche, que começou a correr em 1995, ao lado de Laurent Viana, com quem vive, já soma 232 ralis e andou com 18 pilotos. A viver dias de glória, também já ganhou dois ralis do regional francês e espera brilhar em Portugal, onde esteve duas vezes (43.ª em 2007 e 26.ª 2013)

Considera-se mais co-piloto de ralis ou professora?

-As duas. Sempre estive em ambos os lados, fui-me repartindo. Se me pedisse para escolher, seria um co-piloto. É o que mais gosto.

Nunca parou de dar aulas?

-É verdade. Quando acabo um rali vou sempre ao encontro dos meus alunos. Agora tive de parar, porque tive provas em França e não podia perder a oportunidade de vir a Portugal, mas, no próximo ano, voltarei.

O que pensam os seus alunos?

-Na realidade eles nem sabiam que era piloto de ralis... Depois de Monte Carlo descobriram! Ficaram todos muito contentes.

Houve festa na escola?

-Foi mesmo, estavam orgulhosos. E também surpreendidos, não só por eu ter ganho, mas também por ser ao lado do Séb.

Ao longo da carreira já andou com 18 pilotos. Como se organiza?

-Se calhar foram mais. Nunca fiz essa conta, mas, pelo menos, 18 é verdade. O primeiro segredo é estar super motivada. Andar nos ralis é tudo para mim. Quando algum deles me convida... vou contente.

Já correu o Rali de Portugal duas vezes. O que achou?

-Corri duas vezes, nunca no Norte. A base era em Faro. Tenho excelentes recordações, foi um rali que me seduziu. É em terra, com especiais muito boas. Estive a estudar as do ano passado, com o Séb e a equipa da Ford.

Como acha que será, ao não conhecer a zona?

-Não sei, porque só conheço pelas indicações dos outros pilotos. E estive cá como espectadora em 2019!