Estreante Matilde Fidalgo foi a Le Mans vencer "The Girls on Track"

Estreante Matilde Fidalgo foi a Le Mans vencer "The Girls on Track"

Jovem de 16 anos não tinha qualquer experiência de condução e venceu as três eliminatórias nacionais antes de brilhar na internacional. Vai integrar agora o "Training Camp" da FIA

Matilde Fidalgo foi uma das vencedoras na final do "The Girls on Track", em Le Mans, sendo uma das seis escolhidas, entre as 27 participantes, para integrarem o "Training Camp" da FIA, que visa preparar as jovens piloto para uma carreira no automobilismo. Um feito notável para Matild, de 16 anos, que participou nas fases de seleção em Portugal sem ter qualquer experiência na modalidade.

Para além de Matilde, a FPAK levou mais duas finalistas, Inês Moreira e Carolina Trindade, que tiveram igualmente um excelente desempenho.

Matilde Fidalgo já tinha dado nas vistas nas fases de seleção em Portugal: foi a melhor entre as candidatas que se apresentaram em Matosinhos, depois em Cascais e finalmente em Leiria, onde se juntaram as 12 melhores das fases de seleção, Matilde voltou a não dar hipóteses e registou sempre os melhores tempos, fazendo realçar as suas capacidades para vingar no desporto automóvel.

Depois de ser selecionada para dar continuidade ao projeto que é apoiado pela FIA e pelo programa Erasmus+ da União Europeia, Matilde não escondia o estado de felicidade: "Muito feliz por ter conseguido atingir o meu objetivo. Foi uma experiência única. Os treinos na academia e conduzir pela primeira vez um kart em competição foi o ponto alto daqueles dias. Agora, espero ansiosamente pelo Training Camp e por conseguir ser no futuro piloto profissional", referiu a jovem.

Para a FPAK, este resultado acabou por não ser uma surpresa. "Desde o início que sabíamos que a Matilde tinha caraterísticas muito especiais e invulgares para quem não tinha experiência. A determinação com que sempre enfrentou os desafios e a capacidade de se focar no objetivo levaram-nos a acreditar que chegaria longe. E já chegou. Esta é a sua primeira grande conquista. A FPAK tudo fará para ajudar a Matilde, não só a dar os primeiros passos no karting, como a desenvolver uma carreira bem sucedida. É um talento que tem de ser aproveitado", referiu Ni Amorim, presidente da FPAK.