Hamilton: "Lamento pelos adeptos. Nunca é bom quando uma temporada acaba tão cedo"

Hamilton: "Lamento pelos adeptos. Nunca é bom quando uma temporada acaba tão cedo"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

Piloto britânico pode ver o rival sagrar-se campeão já em Singapura.

Max Verstappen pode tornar-se, no domingo, no segundo campeão mais precoce da história da Fórmula 1. O piloto chega ao GP de Singapura, 17.ª de 22 rondas da temporada, com 116 pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), precisando forçosamente de vencer a corrida no circuito de Marina Bay para que isso aconteça. Qualquer outro resultado implica que a decisão fique adiada para, pelo menos, a corrida seguinte, no Japão.

Lewis Hamilton, campeão durante sete temporadas consecutivas, prepara-se para ver o neerlandês triunfar pelo segundo ano consecutivo e, na antevisão da corrida de Singapura, lamentou que o campeão possa vir a ficar decidido tão cedo.

"Do meu ponto de vista, não estou a pensar muito nisso. Mas lamento pelos adeptos. Também para nós, depois do ano passado, com o título a ir até à última. Nunca é bom quando uma temporada acaba tão cedo. Mesmo quando eu o consegui, como no México. Para ti, individualmente, é fantástico. Mas para o desporto não é espetacular. Sinto-me grato por ter tido um ano como 2008, com luta até aos últimos segundos ou, claro, no ano passado, que foi praticamente o mesmo. Vamos esperar que no futuro seja um pouco melhor", começou por afirmar o piloto da Mercedes, antes de falar da sua equipa.

"Ainda estou a desfrutar do desafio e estou orgulhoso pela força e crescimento dentro da equipa em termos de relacionamento e de foco. Ver como todos trabalham é inspirador. Vão de pista para pista, voam na noite de domingo, estão no escritório na segunda-feira, procuram soluções, tentam descobrir a fórmula mágica. É realmente impressionante, porque esta época tem sido implacável. Sei que todos estão a desejar por uma paragem", concluiu Hamilton.