Grande Prémio dos Países Baixos mantém-se no calendário da Fórmula 1 até 2025

Grande Prémio dos Países Baixos mantém-se no calendário da Fórmula 1 até 2025
Redação com Lusa

Tópicos

Os Países Baixos regressaram ao calendário em 2021, após 36 anos de ausência, tendo o "novo acordo previsto alargar às épocas de 2024 e 2025 ao contrato inicial de três anos", explicou a Fórmula 1

O Grande Prémio dos Países Baixos, na cidade costeira de Zandvoort, vai manter-se no Campeonato do Mundo de Fórmula 1 até 2025, anunciou esta quinta-feira a organização da competição.

Os Países Baixos regressaram ao calendário em 2021, após 36 anos de ausência, tendo o "novo acordo previsto alargar às épocas de 2024 e 2025 ao contrato inicial de três anos", explicou a Fórmula 1.

O neerlandês Max Verstappen (Red Bull), bicampeão do mundo, venceu as duas corridas disputadas "em casa", a primeira disputada à porta fechada, devido à pandemia de covid-19, e a última, em 27 de agosto, já com lotação esgotada.

Em 2023, além de Verstappen, vai estar na grelha de partida o também neerlandês Nyck de Vries, ao volante de um Alpha Tauri.

Os Países Baixos estrearam-se no Mundial de Fórmula 1 em 1952, permanecendo no campeonato até 1985, tendo, depois, regressado em 2021.