Fórmula E promovida a Campeonato do Mundo em 2020

Fórmula E promovida a Campeonato do Mundo em 2020

O acordo já foi assinado entre o presidente da FIA e o diretor-geral da Fórmula E.

A Fórmula E, prova para carros elétricos que é disputada pelo piloto português António Félix da Costa, vai passar a Campeonato do Mundo a partir de 2020, decidiu esta terça-feira o Conselho Mundial da Federação Internacional do Automóvel (FIA).

O acordo foi já assinado entre o presidente da FIA, o francês Jean Todt, e o diretor-geral da Fórmula E, o espanhol Alejandro Agag, fazendo deste campeonato o quinto Mundial sob a égide do organismo regulador do desporto automóvel, depois da Fórmula 1, Ralis, Ralicrosse e Resistência.

O campeonato atual, com 14 corridas em cinco continentes, arrancou em 22 de novembro, na Arábia Saudita, e decorre até 26 de julho de 2020, com a cidade de Londres a acolher a ronda final.

A Fórmula E é constituída por um campeonato para monolugares totalmente elétricos, que conta com a presença dos maiores fabricantes automóveis (BMW, Porsche, Mercedes-Benz, Audi, Jaguar, DS Automobiles, NIO, Penske, Nissan e Mahindra Racing).

A competição subirá de estatuto a partir da próxima época, que deverá arrancar em novembro do próximo ano e terminar no verão de 2021.

António Félix da Costa (DS) é, atualmente, 13.º classificado do campeonato, com três pontos conquistados.