Fórmula 1: Algarve pode chegar aos 46 mil espectadores na bancada

Fórmula 1: Algarve pode chegar aos 46 mil espectadores na bancada
Carlos Flórido

Tópicos

DGS já tinha dado o aval a espectadores na Fórmula 1 e no MotoGP e a organização pode continuar a apontar a meia lotação.

O Autódromo Internacional do Algarve tem atualmente 40 mil bilhetes à venda para o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, que estará na pista entre 23 e 25 de outubro, mas previsivelmente irá subir esse número para o limite máximo de 46 mil, o equivalente a metade do recinto, sendo de esperar que o MotoGP, a ter lugar entre 20 a 22 de novembro, chegue aos mesmos números.

A Direção-Geral da Saúde, instada ontem, quarta-feira, a pronunciar-se sobre a presença de público, lembrou já a ter aprovado. "Já demos um parecer favorável para a presença de público na Fórmula 1 e até existiu um evento teste, as Superbikes [7 a 9 de agosto], para vermos como era o comportamento do público nas bancadas para este evento específico. Dito isto, ter público ou não também depende da vontade dos organizadores", disse a diretora Graça Freitas, lembrando que o parecer também se estende "ao MotoGP".

Já com o peão e três bancadas esgotadas, venderam-se mais de 30 mil bilhetes para a Fórmula 1 - os mais baratos são neste momento de 225 (domingo) ou 265 euros (fim de semana) - e para MotoGP foi ampliada a primeira fase, de 15 mil entradas, pelo que neste momento é possível comprar para todos os lugares do recinto. Não existindo um retrocesso - "a análise de risco é feita a cada momento", alertou a diretora-geral da Saúde -, Portugal terá dois dos eventos mundiais com mais público desde o início da pandemia, correspondendo à escolha das federações internacionais, que não tinham o Algarve nos seus calendários.
Na Fórmula 1, a primeira prova com espectadores será o italiano GP da Toscânia, no próximo dia 13, mas tendo apenas 2880 pessoas no Mugello, repartidas por três locais. A Rússia prevê 30 mil nas bancadas de Sochi (dia 27) e a Alemanha ainda não autorizou público em Nurburgring (11 de outubro).