Félix da Costa sabe que é o "alvo a abater" no início da defesa do título Fórmula E

Félix da Costa sabe que é o "alvo a abater" no início da defesa do título Fórmula E
Redação com Lusa

Tópicos

Piloto português motivado para a defesa do título mundial de Fórmula E.

António Félix da Costa, piloto português, inicia este fim de semana a defesa do título mundial de Fórmula E, na Arábia Saudita, "com a vontade e determinação de sempre em lutar pelos pódios e vitórias".

"Finalmente, chegou a hora de voltar a correr. Foi em agosto que me sagrei campeão da Fórmula E, mas a verdade é que a vontade de voltar é muita", refere António Félix da Costa, em comunicado divulgado esta terça-feira pela sua assessoria de imprensa.

Para Félix da Costa, que se mantém na DS Techeetah, equipa com que fez história para Portugal, ao conquistar o título em 2020, a motivação é alta, mesmo antevendo o aumento de competitividade e disputa entre as equipas da frente da Fórmula E.

"Apesar de ainda não trazermos o carro novo este fim de semana, por razões de garantia de fiabilidade, sabemos que o carro de 2020 é rápido, eficiente na gestão de energia e permite-nos estar confiantes", adianta o piloto, de 29 anos.

Félix da Costa recorda que já venceu em Riade há dois anos e que, por ser o atual campeão mundial da Fórmula E (categoria para monolugares exclusivamente elétricos), sabe que é o "alvo a abater" pelas demais equipas, mas isso só lhe dá "ainda mais motivação".

A prova inaugural da sétima temporada da Fórmula E decorre este fim de semana no renovado traçado de Diriyah, em Riade, na Arábia Saudita, que conta agora com 2.495 quilómetros de perímetro.