Querem atingir Lewis Hamilton com tomates no GP dos Países Baixos

Querem atingir Lewis Hamilton com tomates no GP dos Países Baixos
Redação

Tópicos

Movimento de contestação, a grassar nas redes sociais, foi revelado por um jovem piloto holandês de F2

A receção dos adeptos holandeses de Fórmula 1 ao britânico Lewis Hamilton, no GP dos Países Baixos, poderá ter contornos de ofensa. Richard Verschoor, piloto holandês de F2, divulgou um convite de adesão a um movimento que pretende atingir, desde a bancada, o homem da Mercedes com... tomates, em 5 de setembro.

"Basicamente, ele [autor da mensagem nas redes sociais] está a dizer para me juntar ao grupo e atirar tomates ao Lewis. Respondi que isso é absolutamente ridículo e que pessoas assim não podem ser chamadas de adeptos", publicou o piloto da Motorsport, esta quinta-feira, na página oficial na rede social Instagram.

Este eventual comportamento ofensivo de elementos do público neerlandês para com Lewis Hamilton deve-se, claro está, ao acidente do piloto britânico com o holandês e concorrente direto pelo título Max Verstappen, no GP Grã-Bretanha, ocorrido no último domingo.

O piloto dos Países Baixos, atual líder do Campeonato do Mundo da competição motorizada, sofreu um forte impacto, quando acelerava em primeiro lugar em solo britânico, de 51 G (51 vezes a força da gravidade) e necessitou de, imediatamente, ir para o hospital.

Esse controverso incidente valeu a Hamilton, entretanto consequente alvo de vários abusos racistas, uma penalização de dez segundos aplicada pelos comissários, cumprida nas 'boxes', não impeditiva para obter o 99.º triunfo da carreira e encurtar para oito pontos a desvantagem para Verstappen.