Dois portugueses ambicionam lutar pela vitória nas 24 Horas de Le Mans

Dois portugueses ambicionam lutar pela vitória nas 24 Horas de Le Mans
Redação com Lusa

Tópicos

Depois de conquistado o título na Fórmula E, Félix da Costa procura a primeira vitória na mais emblemática prova europeia de resistência.

A edição deste ano das 24 Horas de Le Mans em automobilismo, que se disputa entre sábado e domingo, conta com dois portugueses que ambicionam lutar pela vitória na categoria LMP2, Filipe Albuquerque e António Félix da Costa.

Depois de conquistado o título na Fórmula E, Félix da Costa procura a primeira vitória na mais emblemática prova europeia de resistência.

"A 24 horas de Le Mans é a corrida que todos os pilotos querem vencer, é uma prova mítica cheia de história mundial. Eu não sou exceção e acredito que temos boas possibilidades de estar na luta, no entanto, sei bem que não só o nível competitivo na LMP2 é muito alto, como numa prova destas é fundamental sermos regulares, não cometermos erros e evitar qualquer penalização", disse o piloto do Oreca da Jota, que faz equipa com o britânico Anthony Davidson e o mexicano Roberto Gonzalez.

Já Filipe Albuquerque chega a esta prova na liderança da segunda categoria mais importante do campeonato e com o objetivo de vencer.

"Estou ansioso e até um bocadinho nervoso. Estamos na liderança do campeonato e esta prova é muito importante" para as contas, explicou. Albuquerque assume que é candidato "à vitória", mas sabe que "em Le Mans nada pode ser dado como adquirido" e frisou: "Queremos ganhar, sabemos que temos carro e equipa, mas em Le Mans a pontinha de sorte pode fazer a diferença."

Esta 88.ª edição das 24 horas de Le Mans terá 59 carros à partida, divididos pelas várias categorias, entre as quais a LMP2 sobressai, sendo a mais numerosa com 24 carros inscritos.

O circuito de la Sarthe é constituído por um total de 38 curvas e 13,626 km de perímetro.

A classe LMP2 do Mundial de Resistência é liderada pelo Oreca da United Autosports de Filipe Albuquerque e dos britânicos Paul di Resta e Phil Hanson, com 120 pontos. António Félix da Costa e Roberto Gonzalez ocupam atualmente a sexta posição, com 89.

A vitória à geral deverá ser discutida pelos Toyota híbridos, conduzidos pelo britânico Michael Conway, o japonês Kamui Kobayashi e o argentino José Maria López (por um lado) e pelo suíço Sébastien Buèmi, o japonês Kazuki Nakajima e o neo-zelandês Brendon Hartley.

A prova arranca às 13:30 de sábado, terminando às 13:30 de domingo.