"Choque entre o Hamilton e o Verstappen era inevitável"

"Choque entre o Hamilton e o Verstappen era inevitável"
Redação

Tópicos

Piloto britânico como que foi ilibado por um responsável da equipa pela qual corre do incidente com o rival dos Países Baixos

Momento mais controverso desta época de F1, ocorrido no GP da Grã-Bretanha, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e Max Verstappen foi considerado como "inevitável" pelo diretor de engenharia da Mercedes, dada a condução do piloto holandês, discordando da penalização de dez segundos aplicada ao britânico.

"O Max conduz agressivamente e era inevitável que, um dia, tivéssemos um acidente. Lewis estava constantemente a recuar para evitar uma colisão. Ficámos satisfeitos com o trabalho feito e ligeiramente desapontados por sofrer a penalização, mas apenas aliviados por ainda podermos ganhar a corrida", afirmou Andrew Shovilin.

Como consequência direta, Hamilton foi penalizado, pelos comissários de bordo da prova, em dez segundos, castigo que foi cumprido nas 'boxes', não sendo impeditivo, no entanto, para o piloto obter o 99.º triunfo da carreira e encurtar para oito pontos a desvantagem para Verstappen.

O piloto originário dos Países Baixos, atual líder do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, ficou arredado ao sofrer um forte impacto quando acelerava em primeiro lugar em solo britânico, de 51 G (51 vezes a força da gravidade), e necessitou de, imediatamente, ir para o hospital.