Bagnaia ganha o seu primeiro Grande Prémio em Moto GP

Bagnaia ganha o seu primeiro Grande Prémio em Moto GP
Redação com Lusa

Tópicos

Italiano venceu a 13ª prova do Mundial

O português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na 14.ª posição o Grande Prémio de Aragão de Moto GP, 13.ª prova do Mundial de velocidade de motociclismo, que o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) venceu, na sua primeira vitória em absoluto na classe rainha.

O piloto luso concluiu as 23 voltas ao traçado aragonês a 22,703 segundos do vencedor, que bateu os espanhóis Marc Marquez (Honda), por 0,673 segundos, e Joan Mir (Suzuki), por 3,911.

Bagnaia e Márquez protagonizaram um duelo intenso ao longo de toda a prova, com o piloto espanhol a seguir a Ducati do italiano como uma sombra até às três últimas voltas.

Nessa altura, o antigo campeão mundial, que regressa esta época após um ano de ausência por lesão, passou ao ataque, ultrapassando algumas vezes Francesco Bagnaia.

Contudo, o piloto italiano nunca perdeu a calma e conseguiu responder sempre a cada manobra de ataque de Márquez, que acabou por cometer um erro já nas curvas finais do Grande Prémio, saindo ligeiramente de pista.

Foi o espaço que "Pecco" Bagaia precisava para conquistar a primeira vitória em Moto GP, depois de em 2018 ter "roubado" o campeonato mundial de Moto 2 a Miguel Oliveira, que foi segundo nesse ano.

Com estes resultados, Fábio Quartararo mantém a liderança do campeonato, com 214 pontos, enquanto Bagnaia subiu ao segundo posto, com 161.

Miguel Oliveira perdeu uma posição, caindo de oitavo para nono, com 87 pontos, tendo sido ultrapassado pelo espanhol Aleix Espargaró (Aprilia), que hoje terminou a corrida na quarta posição.

A próxima prova do Mundial de motociclismo de velocidade será o Grande Prémio de São Marino, dentro de uma semana.