Verstappen ironiza com multa a Hamilton: "Fica mais barato conduzir sem cinto"

.

 foto AFP

No GP Brasil, Verstappen foi punido por tocar na asa traseira do monolugar de Hamilton e pagou 50 mil euros. Hamilton tirou o cinto enquanto festejava a vitória na corrida e pagou 25 mil.

O Grande Prémio do Brasil de Fórmula 1 continua a dar que falar. Em entrevista à DAZN, Max Verstappen ironizou com o valor das multas aplicadas pela FIA ao piloto da Red Bull e ao rival Lewis Hamilton, da Mercedes. O neerlandês teve de pagar 50 mil euros por ter tocado na asa traseira do carro do britânico e este último, vencedor da corrida, foi punido com uma coima de 25 mil euros, por ter tirado o cinto de segurança enquanto festejava, ainda dentro do monolugar, a vitória em Interlagos.

"Não estou autorizado a tocar na asa traseira nunca mais, isso é certo que não farei. Se o fazes, tens de pagar uma multa com um valor muito alto. Aparentemente, fica mais barato conduzir sem cinto. É o que me parece", criticou Verstappen.