Lewis Hamilton recusou papel no filme Top Gun

Lewis Hamilton

 foto EPA

Conflito de agenda com a temporada de Fórmula 1 impediu presença do piloto.

Um dos pilotos de Fórmula 1 mais bem-sucedidos na história do desporto, Lewis Hamilton não esteve tão longe de se estrear nos cinemas.

Em entrevista para a revista Vanity Fair, o piloto revelou que Tom Cruise, que Hamilton revela ser "uma das melhores pessoas que podem conhecer", convidou-o para o assistir à gravação do filme Edge of Tomorrow e desde então desenvolveram uma grande amizade.

Em criança, Hamilton viu o filme original Top Gun e quando soube da gravação do segundo filme, pediu a Cruise para participar: "Eu disse-lhe: 'não me importa qual é o papel. Até posso varrer alguma coisa, ser um empregado de limpeza'". Tom Cruise aceitou o pedido do amigo, mas não era para limpar nada, era para ser um dos pilotos de caça no filme.

Quando soube do período das gravações, apercebeu-se de um enorme problema. As filmagens iam ser realizadas durante a época de F1 e Hamilton soube logo que não ia conseguir fazer as duas tarefas sem se preparar ao máximo: "Sou um perfeccionista. Simplesmente não tinha tempo."

"Acho que foi a chamada mais perturbadora que alguma vez fiz", contou Hamilton quando teve de contactar Tom Cruise e o diretor do filme, Joseph Kosinski, para os informar que não podia aceitar o papel.

No cinema, Lewis Hamilton foi dublador nos filmes Carros 2 e Carros 3 e conta com uma participação especial em Zoolander 2.