Seleção feminina de hóquei entra no Europeu com uma goleada

Seleção feminina de hóquei entra no Europeu com uma goleada
Redação com Lusa

Tópicos

Triunfo das portuguesas por 11 no duelo com a Inglaterra.

Portugal estreou-se esta segunda-feira no Europeu de hóquei em patins feminino com uma goleada por 11-0 sobre a Inglaterra, no Pavilhão Municipal do Luso, na Mealhada, Aveiro.

Depois de a Itália ter batido a França por 3-0, no jogo que abriu o evento, as lusas, que ao intervalo já lideravam por 4-0, impuseram-se facilmente, destacando-se a veia goleadora de Ana Catarina, autora de quatro golos.

A resistência das britânicas durou somente quatro minutos, com uma bola perdida a resultar em contra-ataque finalizado por Sofia Moncóvio.

O domínio luso era intenso, com dois terços de posse de bola e inúmeros remates, enquanto Cláudia Vicente era uma guarda-redes sem trabalho, porém, o segundo tento só surgiu aos 18 minutos, por Maria Sofia Silva ao ângulo.

Ana Catarina entrou em jogo com dois golos no fim da etapa inicial e outros tantos após o reatamento, que deixaram o desafio em desnivelado 6-0.

Em partida de sentido único, Sofia Moncóvio bisou, limitando-se a encostar, e, posteriormente, foi a vez de Marlene Sousa afinar a pontaria, marcando dois golos consecutivos, após ter sido perdulária em algumas situações.

Rita Batista, aos 45, também deixou a sua marca no desafio, ao fazer o 10-0, antes de Maria Sofia Silva fazer o seu segundo, em mais um tento consumado com desvio na frente da guarda-redes Harriet Ford, que ditou o resultado final.

Ana Catarina concluiu com quatro golos, Sofia Moncóvio, Marlene Sousa e Maria Sofia Silva dois, enquanto Rita Batista apontou um.

A Espanha, pentacampeã em título, descansou na primeira jornada, defrontando na terça-feira a Itália (17:30), antes de Portugal jogar com a França (20:00).

A Espanha é recordista com seis títulos - incluindo os cinco últimos, sendo que, nos derradeiros quatro, Portugal foi finalista -, seguida de Portugal, com três, Itália e Alemanha, com dois, e França, com um cetro.