Exclusivo Renato Garrido sobre o Espanha-França: "Não me revejo naquele triste espetáculo"

Renato Garrido sobre o Espanha-França: "Não me revejo naquele triste espetáculo"
Rui Guimarães

Tópicos

Pouco animado e com grande dificuldade em falar - "isto nunca me aconteceu", justificou - o selecionador nacional ainda não sabe o que levou Portugal a não estar tão bem em alguns jogos

"Ainda vamos ter de analisar e perceber a razão de não termos estado tão bem. Em 2019, o Mundial foi no final da época, agora foi a meio e tivemos menos semanas de preparação, mas quando fomos a Montreux e ganhámos ainda tivemos menos tempo... Creio que fomos mais nós que tentámos e as coisas não foram saindo, porque as outras seleções tiveram mais ou menos o mesmo tempo de preparação", disse a O JOGO Renato Garrido, selecionador nacional de hóquei em patins, assumindo que "Portugal sabe jogar melhor".

Ainda sobre a atuação de equipa das Quinas, que ficou sem classificação definida, uma vez que o jogo para o terceiro lugar não se disputou devido à covid-19, o técnico natural do Porto não quis "caracterizar nenhum jogador", mas, quando questionado, sempre assegurou: "O André [Girão] deu-nos tudo, trabalhou de forma muito positiva; de resto, tanto ele como o Pedro Henriques".