"Não há protesto que retire brilho ao título"

"Não há protesto que retire brilho ao título"

Presidente do Benfica, na homenagem aos campeões, disse que o ano passado o clube tinha "mais razões para protestar do que aqueles que o fizeram agora".

O presidente do Benfica considerou hoje, aludindo à reclamação do FC Porto junto do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Patinagem (FPP), que "não há protesto que retire brilho ao título" conquistado pelos "encarnados".

"Este título já era merecido a época passada. Não protestámos quando tínhamos mais razões do que aqueles que protestam agora", disse Luís Filipe Vieira durante a cerimónia de homenagem aos campeões nacionais de futsal e de hóquei em patins, que decorreu no camarote presidencial da Luz.

Luís Filipe Vieira aludia ao protesto do FC Porto remetido ao CD da FPP, solicitando junto do Conselho de Disciplina e da Comissão Técnica da FPP a repetição do jogo entre as duas equipas, disputado no passado dia 9 de junho, no pavilhão da Luz, referente à penúltima jornada do campeonato português.

Nesse jogo, registou-se um empate 5-5, que deixou o Benfica com o título à mercê a uma jornada do fim - o qual, viria a conquistar - , mas o FC Porto avançou com uma reclamação, exigindo a repetição do jogo com base em três erros técnicos alegadamente cometidos pela arbitragem, reclamação essa que está a ser analisada pelos órgãos competentes.

No seu discurso, Luís Filipe Vieira não resistiu a enviar uma indireta a outro grande rival dos "encarnados", o Sporting: "Nos últimos 10 anos em que existe futsal no Benfica, conquistámos tantos títulos quanto os de outro clube que anda nesta atividade há 20 anos. Além disso, ganhámos a maior prova europeia de clubes e no `ranking" mundial estamos à frente de equipas como o FC Barcelona e o El Pozo".

O presidente benfiquista distribuiu vários elogios à equipa técnica e jogadores do futsal do clube e enalteceu os quatro títulos conquistados esta época em quatro modalidades: futsal, hóquei em patins, basquetebol e atletismo.

"É um estímulo para quem não deixou que o clube voltasse a viver o que viveu há alguns anos. Apostámos na recuperação de modalidades que estavam em risco de extinção no clube, recuperámos o seu prestígio. Ganhámos bem e esperamos repetir no próximo ano", disse Vieira, dirigindo-se aos técnicos e jogadores presentes.

Numa mensagem de confiança, o presidente do Benfica lançou um repto aos destinatários: "Estes dois títulos [de hóquei em patins e futsal] fazem parte do passado, na próxima época temos de ser melhores ou, pelo menos, fazer igual. É assim que vamos continuar a trabalhar e a ganhar, sempre com um elevado grau de exigência".