"Temos 35 títulos europeus, são mais do que os nossos rivais juntos"

"Temos 35 títulos europeus, são mais do que os nossos rivais juntos"
Carlos Flórido/Rui Guimarães

Tópicos

No dia seguinte à conquista da Liga Europeia, Miguel Afonso, vogal do Conselho Diretivo para as modalidades falou a O JOGO e lembrou que o Sporting tem mais títulos europeus do que os rivais juntos. Atletismo pode aumentar a lista para os 36

O hóquei em patins do Sporting vai esta terça-feira à Câmara Municipal de Lisboa exibir a taça da Liga Europeia, precisamente duas semanas depois de Fernando Medina ter recebido os campeões europeus de futsal, e nunca se sabe se no final deste mês não existirá uma terceira visita, pois a equipa feminina de atletismo lutará pelo tricampeonato no Europeu de pista. Será nos dias 25 e 26, em Castellón, Espanha, que a formação de Patrícia Mamona, Jéssica Augusto e outras tentará uma proeza só conseguida por um clube russo e outro alemão.

"O Sporting tem uma mística muito vincada nas modalidades, sempre apostou no ecletismo. Temos 35 títulos europeus, são mais do que os nossos rivais juntos. Isso é a sequência lógica da nossa história", reagiu Miguel Afonso, vogal do Conselho Diretivo para as modalidades, num ano em que os leões, além de no hóquei em patins e futsal, também já conquistaram troféus europeus em judo, goalball e atletismo (crosse). "É um ano histórico, nunca se tinham ganho tantos títulos internacionais numa só época e só temos de estar felizes por estarmos a engrandecer cada vez mais este clube", continuou Afonso, falando a seguir da mais recente conquista.

"Este título foi um sonho tornado realidade. Era um sonho de há 42 anos. As gerações dos 40 anos para cima viviam com uma enorme saudade daquela equipa fabulosa e com vontade de ver o Sporting de novo campeão europeu. Tê-lo feito em casa, com a presença de quase todos os atletas dessa equipa, tendo havido uma passagem de testemunho, foi um momento de grande sportinguismo", sublinhou. "Este é um grupo maravilhoso, que tem um enorme espírito de missão e compromisso, e quando se veste a camisola do Sporting como esta equipa vestiu, o leão fica imparável. O que aconteceu foi mágico", terminou.