Jorge Silva deixa FC Porto e muda-se para a Oliveirense

Jorge Silva deixa FC Porto e muda-se para a Oliveirense
Paula Capela Martins

Tópicos

Formação de Oliveira de Azeméis ainda continua interessada nos concursos de Marc Torra e Albert Casanovas, jogadores do Reus, seu adversário de sábado na quarta jornada da Liga Europeia

Jorge Silva, avançado do FC Porto, está de saída do Dragão para se transferir para a Oliveirense no final da temporada em curso. O jogador de 33 anos fará o mesmo percurso de ex-colegas como Caio, Pedro Moreira e Ricardo Barreiros, devendo ocupar o lugar que João Souto deixará vago.

O avançado, que esteve na pré-convocatória de Luís Sénica para o Mundial, já informou o clube de Oliveira de Azeméis de que não está disponível para renovar, devido às exigências académicas (curso de Medicina) que o obrigarão a fixar-se perto de casa.

Jorge Silva, a cumprir uma suspensão de três jogos, na sequência do cartão vermelho no clássico da Luz (já falhou a deslocação do FC Porto a Oliveira de Azeméis e não defrontará Sporting e Infante Sagres), é um dos pilares do ataque portista, clube que representou entre 2005/06 e 2009/2010, fazendo de seguida uma passagem de dois anos pelo Candelária, antes de voltar de novo ao Dragão. Pelo FC Porto, Jorge Silva foi sete vezes campeão nacional, conquistou seis Taças de Portugal e sete Supertaças.

A Oliveirense, que tentou contratar Lucas Ordoñez, mas viu o argentino optar depois pelo Benfica, consegue assim um avançado que fez parte do deca do FC Porto, mantendo-se em contacto com Marc Torra e Albert Casanovas, ambos do Reus. Casanovas, a confirmar-se, será um regresso, já que deixou Oliveira de Azeméis em 2014/15 para rumar ao campeão europeu.

A Oliveirense prepara neste momento a quarta jornada da Liga Europeia, na qual irá visitar precisamente o Reus - sábado, pelas 19h00 -, com o qual perdeu há um mês em casa, por 3-6. Os espanhóis têm o apuramento ao seu alcance, devendo a equipa de Tó Neves decidir a outra vaga com os italianos do Viareggio, a equipa de Reinaldo Ventura.