FC Porto perde recurso e cumpre três jogos de interdição

FC Porto perde recurso e cumpre três jogos de interdição

Tribunal Arbitral do Desporto confirmou decisão do CD da Federação de Patinagem de Portugal. No campeonato, os dragões só jogam em casa a 23 de novembro, frente ao Benfica

No seguimento dos incidentes na bancada registados no Dragão Caixa, durante a receção do FC Porto ao Sporting, em jogo relativo à 20.ª jornada, realizado no dia 16 de março, os dragões tinham sido punidos pelo Conselho de Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal (FPP) com três jogos de interdição e multa de 1160 euros, mas o clube tinha recorrido e apresentado uma providência cautelar, acabando, agora, o Tribunal Arbitral do Desporto por negar o provimento ao recurso e, assim, confirmar a decisão do CD da FPP.

Em causa estiveram as alegadas agressões a Miguel Albuquerque, diretor-geral das modalidades do Sporting, e à sua mulher.

Face à decisão do TAD, o FC Porto não poderá jogar no Dragão frente ao Juventude de Viana (12 de outubro), Valongo (26 de outubro) e HC Braga (9 de novembro), jogando em casa, a 23 de novembro, na receção ao Benfica.

No dia 19 de outubro, o FC Porto pode receber o Monza no Dragão Arena, na primeira jornada do Grupo B da Liga Europeia, já que não se trata de uma prova interna.