Hóquei em patins: Sporting vence FC Porto no arranque do campeonato

Hóquei em patins: Sporting vence FC Porto no arranque do campeonato
Redação com Lusa

Tópicos

O Sporting venceu, este domingo, o clássico frente ao FC Porto (4-2), na jornada de abertura da I Divisão de hóquei em patins, num encontro com uma primeira parte mais rápida e uma segunda mais calculista.

Por capricho do calendário, a primeira jornada ditou um confronto direto entre dois dos principais candidatos à conquista do título nacional no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Com novo treinador e até novos responsáveis pela secção de hóquei em patins, o Sporting abria o campeonato perante um FC Porto apostado em ultrapassar a recente derrota na Supertaça António Livramento, frente ao Benfica.

O início de encontro foi promissor, num registo de ataque contra ataque, com as duas equipas a procurar a baliza adversária com velocidade e o Sporting a conseguir a primeira situação de perigo num remate ao poste de Toni Perez, aos seis minutos.

No minuto seguinte, o FC Porto foi eficaz e abriu o marcador, numa recarga de Xavi Barroso, após uma primeira defesa de Ângelo Girão.

O jogo continuava rápido e o Sporting dispôs de um livre direto, mas Gonzalo Romero desperdiçou essa possibilidade.

O argentino voltaria a ser protagonista, desta feita com êxito, aos 10 minutos, ao assistir João Souto para o golo da igualdade e, novamente aos 19, ao sofrer grande penalidade, que converteu para a reviravolta.

Porém, o FC Porto mantinha-se vivo no jogo e, aos 21, repôs a igualdade, também numa grande penalidade a punir derrube de Ângelo Girão a Carlo Di Benedetto. Chamado a marcar Gonçalo Alves empatou a partida.

Com as equipas em igualdade, ambas abordaram uma postura mais cautelosa na segunda parte, e, já no período final, o Sporting foi mais feliz, através de boa combinação finalizada por Matias Platero na área, aos 44.

O "leão" retomou - e em definitivo - o comando do marcador e, a pouco mais de um minuto do final, fez o golo da tranquilidade, por Toni Perez, solicitado junto à baliza portista, após jogada de insistência de Ferran Font.

O quarto golo confirmou a vitória sportinguista e a entrada a vencer para os "leões" na I Divisão, o FC Porto contabiliza a segunda derrota consecutiva, ambas perante rivais.

Jogo no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting - FC Porto, 4-2.

Ao intervalo: 2-2.

Marcadores:

0-1, Xavi Barroso, 07 minutos.

1-1, João Souto, 10.

2-1, Gonzalo Romero, 19 (grande penalidade).

2-2, Gonçalo Alves, 21 (grande penalidade).

3-2, Matías Platero, 44.

4-2, Toni Pérez, 49.

Sob a arbitragem de Pedro Silva e João Duarte, as equipas alinharam:

- Sporting: Ângelo Girão, Alessandro Verona, Toni Pérez, Matías Platero e Gonzalo Romero. Jogaram ainda: João Souto, Ferran Font e Henrique Magalhães.

Treinador: Alejandro Domínguez.

- FC Porto: Xavi Malian, Xavi Barroso, Gonçalo Alves, Telmo Pinto e Rafa Costa. Jogaram ainda: Tomás Mena, Carlo Di Benedetto e Roc Pujadas.

Treinador: Ricardo Ares.

Assistência: cerca de 1.200 espectadores.