Benfica reage a tatuagem de vice da FPP: "Já não há vergonha nenhuma" e "não é admissível"

O vice-presidente da Federação de Patinagem, João Paulo Nunes, entregou o troféu de campeão à equipa feminina de hóquie em patins do Benfica

A transmissão televisiva da entrega da taça de campeão à equipa feminina do Benfica, no sábado, captou uma tatuagem na mão esquerda de João Paulo Nunes, vice-presidente das Instalações e Equipamento Desportivo da Federação de Patinagem de Portugal (FPP), tendo este domingo o clube encarnado reagido à inscrição "1906". Recorde-se que se trata do ano de fundação do Sporting, cuja equipa, curiosidade foi derrotada pelo Benfica na final do play-off do campeonato de hóquei em patins feminino.

"Constatamos que o despudor da tomada de posição das entidades federativas, às quais cabe regular de forma equidistante e na defesa de todos os clubes as competições, é cada vez mais gritante. Ontem, já chegámos ao ponto que quem entrega o troféu de campeão de hóquei em patins feminino ter tatuado na mão "1906", o ano de fundação do Sporting Clube de Portugal, adversário do Benfica nessa luta pelo título. Já não há vergonha nenhuma em assumir que as federações estão capturadas por interesses clubísticos. Não é admissível e lutaremos para que esta situação se altere», pode ler-se na newsletter do Benfica.