"Temos mais do que condições para passar este grupo em primeiro lugar"

"Temos mais do que condições para passar este grupo em primeiro lugar"
Redação com Lusa

Tópicos

Jogador do conjunto comandado por Jorge Braz reforçou confiança lusa no apuramento para o próximo Campeonato da Europa de futsal

O universal Afonso reconheceu, este domingo, algumas falhas da Seleção Nacional de futsal no empate no sábado com a República Checa, mas mantém-se convicto que Portugal pode apurar-se em primeiro lugar para o Euro'22.

"Tenho a certeza absoluta de que se fizermos as coisas que já vimos, que temos demonstrado em treinos e que demonstrámos no segundo jogo com a Polónia (3-0), temos mais do que condições para levar de vencida a República Checa e passar este grupo em primeiro lugar", disse o jogador, em declarações à assessoria de comunicação da Federação Portuguesa de Futebol.

Portugal mantém-se em Lodz, na Polónia, onde empatou com os checos no sábado (3-3), tendo novo jogo agendado, da quarta jornada do grupo 8 de apuramento para o Europeu, para terça-feira, cumprindo assim a dupla jornada com a República Checa.

Para o jogador universal que hoje falou à assessoria da FPF, Portugal falhou no sábado "em coisas simples do jogo" e todo o grupo sabe o que fazer para ter um melhor desempenho na terça-feira frente ao mesmo adversário.

"Certamente vamos melhorar de forma a vencermos e a levarmos os três pontos para Portugal. Com certeza que melhorando esses pontos - tanto no ataque, como na defesa e algumas coisas tanto a nível individual como coletivo -, vamos conseguir o nosso objetivo", acrescentou.

Os oito vencedores dos grupos e os seis melhores segundos classificados juntam-se aos anfitriões Países Baixos na fase final do Europeu, entre 19 de janeiro a 06 de fevereiro de 2022, enquanto os restantes dois segundos classificados disputam um "play-off", de 14 a 17 de novembro de 2021, para definir a outra vaga.

Na qualificação do grupo 8, a República Checa lidera, com sete pontos, seguida de Portugal, com cinco, e da Polónia, com quatro, enquanto a Noruega, que a equipa das "quinas" defrontará em dupla jornada em abril, tem zero.

O jogo de terça-feira de Portugal com a República Checa, relativo à quarta jornada do grupo, tem início marcado para as 14 horas. (horas de Lisboa).