Seleção arranca para o Euro 2022 frente à Noruega

Seleção arranca para o Euro 2022 frente à Noruega
Redação

Tópicos

Será a 29 de janeiro, em Mafra

A seleção portuguesa de futsal inicia o apuramento para o Euro 2022 diante da Noruega, em 29 de janeiro de 2021, no Pavilhão Desportivo Municipal de Mafra, informou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

"Iniciaremos a qualificação em casa, como queríamos, com a Noruega, e depois temos uma deslocação difícil à Polónia. Serão dois jogos distintos e vamos estar muito focados já nessa etapa inicial e queremos, claramente, terminar esse primeiro momento com os seis pontos", considerou o selecionador Jorge Braz, citado pela FPF.

Portugal integra o grupo 8 de apuramento, com Polónia, Noruega e República Checa, numa fase de qualificação que apura diretamente para o Europeu de 2022 (19 de janeiro a 06 de fevereiro, nos Países Baixos), os vencedores de oito grupos e os seis melhores segundos colocados.

A estas 14 equipas juntam-se na fase final a seleção anfitriã e o vencedor de um "play-off" entre os dois piores segundos lugares da fase de apuramento.

A equipa portuguesa, que é detentora do título, discutirá o apuramento entre 29 de janeiro e 14 de abril, e Jorge Braz aponta para a importância da dupla jornada em março, com a República Checa, quando se atingir mais de metade do apuramento.

"Estaremos, no final dessa dupla jornada, com quatro jogos e com partidas disputadas diante de todos os adversários. Só por isso [é que esta dupla jornada com a equipa checa será decisiva], porque para nós vão ser mais dois jogos em que teremos de somar mais seis pontos", considerou.

Depois de iniciar a caminhada com a Noruega (29 de janeiro), a equipa lusa defronta em Lodz a Polónia, em 03 de fevereiro, estando os jogos de março, com a República Checa, agendados para 05, novamente em Mafra, e 10 de março, fora.

A terceira dupla jornada acontece em 09 e 14 de abril, primeiro com a visita à Noruega e a fechar com a receção à Polónia.

"Nesse último jogo em casa queremos festejar e saltar novamente. Queremos estar no Europeu e temos de estar lá. Somos os campeões da Europa e claro que temos a obrigação de marcar presença na fase final. Esta sequência está perfeitamente planeada e pensada. Estaremos preparados, independentemente de não jogarmos há muito tempo, para estamos novamente numa fase final", disse ainda o selecionador.