"Ricardinho vai sempre fazer falta, mas agora começa um novo ciclo"

"Ricardinho vai sempre fazer falta, mas agora começa um novo ciclo"
Carlos Manuel Lopes

Tópicos

João Matos, capitão do Sporting, revela enorme ambição também para a seleção

O bicampeão europeu de futsal, pelo Sporting, e campeão da Europa e do Mundo por Portugal, João Matos, garante que existe muito talento na seleção para vestir a camisola 10 que durante anos pertenceu a Ricardinho.

"Claramente que é uma responsabilidade muito grande, mas isso não tem de ser um peso para o jogador que a vier a vestir. Há muito talento na nossa seleção e qualquer um que a envergar vai certamente respeitá-la e dar sempre o máximo por Portugal", garantiu.

João Matos lembra que há uma nova geração que está a chegar e cabe aos mais velhos fazer a transição para continuar o sucesso da nossa Seleção. Cabe-me a mim e aos mais velhos, fazer a transição de forma que os novos que cheguem se integrem no plantel. O espírito de família que se vive na seleção é muito propício a que essa integração seja feita de uma forma natural e saudável. É claro que o Ricardinho vai sempre fazer falta desportiva e socialmente, mas agora começa um novo ciclo", sustentou.

O capitão do Sporting faz um balanço da temporada que está a decorrer e revela enorme ambição. O ano passado tivemos uma época incrível. Ganhámos tudo, mas esse tudo não chega. Queremos ganhar tudo novamente. Temos agora uma fase muito importante na Liga dos campeões, em nossa casa, para mais uma vez marcarmos presença numa final-four. Esse é o próximo objetivo. Queremos revalidar o título europeu", assumiu, o jogador leonino que vibrou com o triunfo da equipa de futebol sobre o Borussia de Dortmund. "Fui um dos leões que estava no estádio e sofreu bastante. Sofri muito, mas no fim tive uma alegria tremenda", rematou.