Pedro Nobre: "O Benfica tem tido a hegemonia e o Nun"Álvares quer mudar isso"

Pedro Nobre: "O Benfica tem tido a hegemonia e o Nun"Álvares quer mudar isso"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Pedro Nobre, treinador do Nun´Álvares, após a conquista da Taça de Portugal de futsal feminino, selada nas grandes penalidades (4-1), diante do Benfica

Vitória: ""Uma vitória difícil, o Benfica é uma grande equipa muito organizada, tem grandes valores individuais. Foi dividido, tal como todos os jogos da época contra o Benfica. Empatámos na ponta final e levámos o jogo para o prolongamento. Depois nas grandes penalidades, sabemos que é 50/50. Felizmente caiu para nós. Uma palavra para o Benfica, porque valorizou a nossa vitória. Desejar-lhes um excelente campeonato. E para nós é uma grande vitória. Tive a oportunidade de ganhar a primeira Taça de Portugal da história ao serviço do Benfica e agora voltei a ganhar pelo Nun"Álvares. É fantástico, tenho a certeza absoluta de que vamos ter uma receção brutal naquela cidade pequena, mas onde as pessoas nos acolhem muito bem e vamos fazer uma viagem espetacular para cima".

Diferenças para o adversário: "As três derrotas que temos com o Benfica foi a dividir o jogo e nós jogamos praticamente com sete jogadoras. Não temos essas sete na totalidade desde 11 de novembro, só hoje voltámos a ter e, mesmo assim, a Taninha com grandes condicionamentos. Não é fácil. Sou treinador, não sou mágico, nós bem tentamos, mas não há milagres. Temos pouca profundidade [de plantel], como tal temos de entregar a iniciativa de jogo ao Benfica, baixar linhas, aproveitar as transições. A estratégia passou por aí na Taça da Liga e também na Taça de Portugal. Tem de ser por aí, pois o Benfica tem muito mais soluções do que nós e mais experientes. Fomos felizes da maneira como empatámos, mas depois no prolongamento é um facto que a Ana Catarina faz mais uma daquelas defesas do outro mundo e a Vanessa tem mais duas ou três recargas. As grandes penalidades, já sabemos que são uma lotaria. Felizmente caiu para nós, podia ter caído para o Benfica também e não apagava nada do que temos feito. Estivemos na Supertaça, ganhámos a Taça da Liga, a Taça de Portugal, temos mais de 100 golos no campeonato, fomos o melhor ataque, a melhor defesa. Se alguém ainda duvidar qualidade do processo, significa que temos algum problema de interpretação, porque já não há dúvidas em relação ao trabalho que estamos a fazer no Nun"Álvares".

Golo do empate: "Sim, [o golo do empate] é um momento-chave porque estamos a perder 1-0 a um minuto e tal do fim, e o 5x4 nunca treinamos num momento destes, de pressão e com o público. Arriscámos ali e é um momento-chave. Fomos para o prolongamento, o Benfica estava com cinco faltas e não pôde ter os índices de agressividade que costuma ter, isso também nos ajudou. Temos ali uma bola ou outra que podíamos ter marcado, mas penso que o empate ajusta-se perfeitamente. O Benfica é uma grande equipa, o campeão nacional e não vale a pena estarmos aqui a inventar. Tem tido a hegemonia e o Nun"Álvares quer mudar isso. Para isso, precisamos de ter outros argumentos, mas estes são os que temos até ao final da época e é com eles que vamos lutar pela vitória".