Nuno Dias foi distinguido com o grau Honoris Causa: "Vai obrigar-me a ser melhor sucessivamente"

Nuno Dias foi distinguido com o grau Honoris Causa: "Vai obrigar-me a ser melhor sucessivamente"
Redação com Lusa

Tópicos

Técnico, cujo título honorífico foi atribuído pelo ISCE, distribuiu louros pela equipa de trabalho. Frederico Varandas destaca que a distinção é "de inteira justiça".

O treinador de futsal do Sporting, Nuno Dias, recebeu, esta terça-feira, o título de professor especialista 'Honoris Causa' pelo Instituto Superior de Lisboa e Vale do Tejo (ISCE), assumindo que lhe acarreta responsabilidade para melhorar ainda mais.

Após a cerimónia, que se realizou no auditório do instituto, na freguesia da Ramada, em Odivelas, Nuno Dias considerou esta uma distinção "especial", pois reconhece o "mérito desportivo e académico", na qual estiveram presentes várias figuras ilustres.

"É um motivo de muito orgulho e alegria para mim. É um reconhecimento especial e que me acarreta responsabilidades, no sentido de não querer parar por aqui. Não sei ser de outra forma. Este reconhecimento vai obrigar-me a ser melhor amanhã, ainda melhor depois de amanhã e assim sucessivamente, não porque seja preciso justificar este título, mas porque é a minha essência", afirmou aos jornalistas, no final da sessão.

Destacando a capacidade conciliadora da vertente desportiva, na qual lidera o Sporting há dez anos, com a vertente académica e letiva, Nuno Dias realçou que, também aqui, a pressão "é boa, porque reconhecem talento e competência", o que faz com que o seu trabalho seja "nos limites, para corresponder às expectativas e exigências" colocadas.

"Uma das características principais é rodear-me de pessoas que são melhores do que eu em alguns aspetos. Tenho a humildade para reconhecer que um treinador precisa de ter várias valências e eu não sou o melhor do mundo em todas elas. Provavelmente, sou o melhor do mundo a escolher pessoas e quem trabalha comigo", frisou o técnico.

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, esteve presente na cerimónia de distinção de Nuno Dias e, à saída, enumerou as conquistas do treinador para enaltecer o título honorífico.

"Uma distinção de inteira justiça. Nuno Dias, em 10 anos como treinador de futsal do Sporting, atingiu duas Ligas dos Campeões, seis campeonatos, seis Taças de Portugal, seis Supertaças e quatro Taças da Liga. Nuno Dias ganhou, por mérito seu, uma página de ouro na história do Sporting Clube de Portugal, mas também no futsal nacional e no futsal mundial", salientou, de forma resumida, o líder sportinguista.

Também na plateia esteve grande parte do atual plantel de futsal do Sporting, que não quis perder a homenagem ao seu treinador, tendo o ítalo-brasileiro Alex Merlim sido o porta-voz, agradecendo a Nuno Dias por ser um "excelente ser humano e treinador".

"Desde que cheguei cá, sempre me ajudou bastante. Se estou no Sporting, é graças a ele. É um grande prazer trabalhar com ele dia a dia", sublinhou, acrescentando: "Tem bastante ambição. Não basta ganhar. No dia seguinte, já estamos a trabalhar como se não tivéssemos ganho nada. É o querer ganhar que faz ele ser um treinador vitorioso".

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol Fernando Gomes, o selecionador nacional Jorge Braz, o treinador de hóquei em patins do Sporting Paulo Freitas e o antigo técnico de basquetebol dos "leões" Luís Magalhães foram algumas das personalidades que também marcaram presença na cerimónia, na qual Nuno Dias recebeu a distinção das mãos do presidente do ISCE, Luís Picado, do presidente do conselho técnico e científico do ISCE, Albino Lopes, e também do administrador do ISCE, Ricardo Martins.